25 de outubro de 2021 08:30

Técnicos da Emdagro e agricultores familiares participam de intercâmbio sobre agroecologia na Bahia


Com o objetivo de conhecer as experiências bem sucedidas de Sistemas Produtivos Participativos de Garantias e trocar conhecimentos sobre atividades de produção agroecológica, beneficiamento e comercialização, sete pequenos produtores rurais e seis técnicos da Empresa de Desenvolvimentos Agropecuário de Sergipe (Emdagro) embarcaram, na manhã desta terça-feira (19), rumo ao município de Amargosa, Centro-Sul do Estado da Bahia, para participarem de um intercâmbio sobre agroecologia.

O intercâmbio, que é fruto do Convênio entre Emdagro e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), ocorre no período de 19 a 23 deste mês. O grupo sergipano será recepcionado por agricultores da Associação Agroecológica Jaqueira que apresentará toda a expertise desenvolvida na área da produção orgânica. Na programação, farão visitas à propriedades rurais, ao Centro de Distribuição de Jaqueira, à Produção Agroflorestal Açai e participarão de palestras sobre energia solar e agroecologia natural, de rodas de conversas sobre certificação participativa e de uma oficina sobre o plantio de árvores.

“Esse intercâmbio faz parte do trabalho que a Emdagro já vem desenvolvendo junto a esses agricultores orgânicos no Estado, como forma de ampliar seus conhecimentos e verificarem na prática as experiências exitosas que vem sendo desenvolvidas em outros estados, além de cursos sobre agroecologia e a própria assistência técnica e extensão rural que a empresa faz junto aos agricultores que optaram em trabalhar na linha agroecológica”, frisou o Assessor da Presidência e Gestor do Convênio, Godofredo Albuquerque.

Para o chefe do escritório local da Emdagro em Monte Alegre de Sergipe, Márcio Conceição de Santana, o intercâmbio é uma ótima oportunidade de renovar conhecimentos. “A expectativa é muito boa de podermos trocar experiências com agricultores que vem tendo sucesso no cultivo agroecológico. Principalmente, porque conosco estão indo agricultores que já cultivam na linha orgânica a um bom tempo e outros que estão dando os primeiros passos e lá em Amargosa,, na Bahia, conheceremos plantios agroecológicos, visitaremos feiras, debateremos sobre produção e comercialização desses produtos. Será enriquecedor esse intercâmbio”, definiu ele.

Last Updated on 25 de outubro de 2021 by carlos.mariz