25 de outubro de 2018 08:46

Técnicos avaliam execução do programa D. Hélder


No último dia 12, técnicos e extensionistas da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), estiveram reunidos para avaliar quantitativa e qualitativamente a execução das metas estabelecidas do Programa Dom Hélder para o Estado Sergipe. Além da avaliação, os executores estabeleceram as metas para o ano de 2018.
A reunião foi aberta pelo Presidente da Emdagro, Jefferson Feitoza de Carvalho, que destacou as metas alcança das e a importância do programa para os inúmeros agricultores assistidos. “Em que pese termos alcançados os resultados esperados, precisamos continuar buscando adequar procedimentos e melhorar constantemente o projeto”, disse ele.
Com a explanação das metas alcançadas, o Gestor do Programa D. Hélder em Sergipe, Eduardo Cabral, frisou que os resultados foram surpreendentes. Dentre as metas com resultados acima do estabelecido estão a realização de reuniões de socialização e mobilização, cadastro das UFPas, aplicação de diagnósticos, elaboração de projetos produtivos e atendimento individual através da assistência técnica e extensão rural.
Para o cumprimento das metas estabelecidas, a Emdagro disponibilizou 30 executores, entre técnicos e extensionistas, distribuídos nos 20 escritórios da empresa que atendem aos 21 municípios beneficiados pelo Programa Dom Hélder. Esses municípios estão distribuídos nas três regiões sergipanas, Alto Sertão, Sul e Centro Sul.
Ao todo o programa investirá R$ 3.600.000,00 beneficiando a 3 mil famílias de agricultores, sendo que 1.500 delas receberão recursos para fomento no valor unitário de R$ 2.500,00 e assistência técnica e extensão rural. O restante dos beneficiados receberão apenas assistência técnica para os próximos 4 anos.
Segundo o coordenador do programa, a assistência técnica consiste na instalação de 20 unidades de referência (experiências inovadoras) e 16 unidades demonstrativas de palma. “Alem disso, os agricultores terão capacitações através de intercâmbios técnicos e dias de campo, reuniões para divulgação de políticas públicas e elaboração do Cadastro Rural Ambiental (CAR).

Last Updated on 25 de outubro de 2018 by carlos.mariz