30 de agosto de 2019 09:55

Fórum discute fortalecimento dos serviços de Defesa Agropecuária no Nordeste


O Estado de Sergipe foi representado pela Empresa de Desenvolvimento Agropecuário – Emdagro no Fórum Nacional de Executores de Sanidade Agropecuária (Fonesa Nordeste), realizado na última quarta-feira (21) em Teresina, Piauí. O encontro reuniu gestores e técnicos em torno da discussão sobre a importância do setor agropecuário para o desenvolvimento socioeconômico do Nordeste brasileiro, com vistas à necessidade de avanços na classificação sanitária de doenças dos animais e pragas vegetais, maior inserção dos produtos agropecuários nordestinos no comércio exterior e a garantia do abastecimento interno, segurança  alimentar e proteção do meio ambiente.

Como resultado das discussões, os gestores de Defesa Agropecuária redigiram uma carta endereçada ao Consórcio de Governadores do Nordeste, que também se reuniu em Teresina nesta semana, onde expuseram a importância da defesa agropecuária estadual para a mitigação de riscos sanitários frente às classificações trazidas pelos diversos programas sanitários do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Buscaram, ainda, apoio para a adesão e implantação do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal – SISBI-POA; a disponibilização de um sistema informatizado único de defesa agropecuária para todos os estados do Nordeste.

De acordo com o presidente da Emdagro, Jefferson Feitoza, também foram encaminhadas demandas relativas à inclusão da pauta da Defesa e Inspeção Agropecuária na agenda do Consórcio de Governadores do Nordeste. “É preciso priorizar a defesa do repasse de recursos federais aos Estados para subsidiar a Defesa, financiando as ações de prevenção, controle e erradicação de doenças dos animais e pragas vegetais. Então, os desafios são enormes e os setores de defesa agropecuária do Nordeste necessitam dessa consciência coletiva para garantir a expansão do mercado consumidor e permitir a comercialização de produtos em todo o território nacional”, destacou Jefferson Feitoza.

Para a Coordenadora de Defesa Vegetal da Emdagro, Aparecida Andrade, que também participou do Fórum, dentro do contexto da Defesa Agropecuária, é importante destacar a Defesa Vegetal, tendo em vista a alta produção e o potencial de crescimento das exportações de frutas, grãos, dentre outros. “A agropecuária tem o papel fundamental de favorecer e promover o desenvolvimento regional, melhorando a qualidade de vida dos agricultores”, concluiu.

 

 

 

 

 

 

Last Updated on 30 de agosto de 2019 by carlos.mariz