16 de setembro de 2019 09:55

Emdagro realiza palestra sobre Controle biológico


Tirar da própria natureza a solução que reduz a incidência de pragas e doenças que acometem as plantas, foi com essa abordagem que a Emdagro realizou, na manhã da última segunda-feira (02), em Aracaju, uma palestra sobre Controle Biológico. O evento contou com a participação do Presidente da Emdagro, Jefferson Feitoza de Carvalho, e de e técnicos e assessores da empresa, do Secretário de Estado de Agricultora, Desenvolvimento Rural e da Pesca, André Bomfim, do Presidente do SergipeTec, Brenno Barreto, do prefeito de Indiaroba, Ednaldo Nascimento, de agricultores, professores e estudantes do IFS, representantes de associações e cooperativas de agricultores e de órgãos públicos.
Na ocasião, o evento foi aberto pelo presidente da Emdagro, Jefferson Feitoza de Carvalho, que deu as boas vindas a todos os presentes e frisou a importância de se discutir sobre agrotóxicos. “Nós temos percebido que os agricultores sergipanos têm se utilizado cada vez mais de agrotóxicos em suas lavouras e, com isso, tem pedido à empresa alternativas de produtos que controlem pragas e doenças que não fossem tóxicos. Diante disso, sabendo que existem empresas nacionais que tem seus produtos formulados, nós quisemos apresentar aos nossos técnicos, produtores rurais, professores, estudantes e à comunidade em geral alguns dos produtos existentes no mercado e que podem oferecer mais saúde para eles e uma alimentação saudável na mesa do consumidor”.
Comentando sobre a liberação de mais agrotóxicos por parte do Governo Federal, o Secretário de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Rural e da Pesca, André Bomfim, disse que esse trabalho da Emdagro é de suma importância para conscientizar o agricultor sobre a utilização desses defensivos agrícolas. “A gente fica feliz e parabeniza a Emdagro, na pessoa do presidente Jefferson, pela iniciativa de está discutindo em Sergipe esse tema de grande relevância para a sociedade, que é a produção e alimentos cada vez mais saudáveis, principalmente, nesse momento em que o Governo Federal vem liberando ainda mais a comercialização de novos agrotóxicos. Por isso, é importante a Emdagro ter puxado essa discussão para que a gente possa dar ao agricultor outras oportunidades que não seja apenas uma agricultura convencional. É mostrar que existem outras formas de controle de pragas e de doenças que a gente acredita muito, porque vem dando certo na agricultura nacional e internacional”, ressaltou ele.
 Ainda em sua fala, o Secretário destacou a Unidade de Produção de Inimigos Naturais (UPIN) e disse que está discutindo com os órgãos envolvidos para iniciar a execução da unidade. “A gente vem conversando muito com o presidente do SergipeTec, Brenno Barreto, e a Emdagro para que a gente possa colocar em execução a UPIN, inclusive, estamos estudando a possibilidade de uma parceria público-privada (PPP), o que vai ajudar bastante o incentivo da agricultura sustentável aqui no Estado”, frisou o Secretário.
Para o agricultor da comunidade Lagoa Seca, Município de Simão Dias, José Cláudio Rodrigues dos Reis, as palestras foram muito importantes. “Nós sempre tivemos esse sonho de conhecer mais sobre os produtos biológicos, por ser uma saída para o homem do campo deixar de usar um pouco mais agrotóxicos. Nós não usamos muito o biológico por não conhecermos, mas depois que conversamos com os técnicos da Emdagro, numa ação que realizou em nossa comunidade, nós conseguimos abrir os olhos para esse uso desgovernado de agrotóxicos no Estado”.
Já a estudante de agroecologia do Instituto Federal de Sergipe (IFS), Elaine Cristina Mota Oliveira, que também é produtora de orgânico, disse que a proposta da palestra foi apresentar opções para o cultivo de uma alimentação saudável. “As palestras no dia de hoje trouxe mais opções, mostrando que existem diversas pesquisas em andamento para solucionar o problema do uso indiscriminado de agrotóxicos, com foco no sistema integrado de controle de praga”, enfatizou.
Abordagens
Com o tema controle biológico, a Emdagro ofereceu duas abordagens: a primeira sobre inseticidas e fungicidas biológicos, numa palestra ministrada pelo Eng. Agr° Gleidson Oliveira dos Santos, da empresa Rural/Koppert do Brasil; e segunda sobre química verde e rastreabilidade, que teve como palestrante o Eng. Agr° João Anísio Dourado Mendes, da empresa Aqua do Brasil.
Saúde no Campo
Com a palestra sobre Controle Biológico, a Emdagro reforça um trabalho importante que vem acontecendo em 13 municípios de Sergipe, que é o Projeto Saúde no Campo, uma ação institucional que busca, através de parcerias com prefeituras e órgãos municipais, levar ao meio rural orientações sobre o uso responsável de agrotóxicos. “Essa ação de hoje é uma ação do Projeto Saúde no Campo, que já beneficiou com capacitações aproximadamente 700 produtores em 13 municípios e a tendência é aumentar esses número”, ressaltou a Coordenadora de Defesa Vegetal da Emdagro, Aparecida Andrade.

Last Updated on 16 de setembro de 2019 by carlos.mariz