30 de novembro de 2020 12:39

Emdagro capacita Médicos Veterinários para a emissão de GTA em eventos agropecuários


Objetivo é treinar profissionais para a emissão de GTA em eventos agropecuários

De forma online e presencial, uma capacitação para emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA) está sendo realizada para Médicos Veterinários Responsáveis Técnicos (RTs) autônomos, nesta quarta e quinta-feira (18 e 19). O treinamento é oferecido pela Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), em parceria com o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA).

De acordo com a programação, nesta quarta-feira (18) o treinamento estará acontecendo de forma virtual (online), das 19h às 22h. Já na quinta-feira (19), a capacitação será presencial, das 08h30 às 12h, no auditório da sede da empresa, em Aracaju. Para obter mais informações, os interessados podem entrar em contato com a Emdagro através do e-mail transito.animal@emdagro.se.gov.br, ou através do whatsapp (75) 9958-2092.

O objetivo do treinamento é capacitar os profissionais para emitirem a GTA virtual na saída de animais em eventos agropecuários, como feiras, exposições e provas equestres. Após o treinamento, os Responsáveis Técnicos estarão aptos a realizar a emissão do documento através do novo Sistema de Integração de Defesa Agropecuária – Siapec3 da Emdagro, como conta a diretora de Defesa Animal e Vegetal da Emdagro, Aparecida Andrade.

“Geralmente, diversos eventos agropecuários acontecem em períodos muito próximos, e a capacidade do Estado de estar em todos esses lugares é reduzida. Então, colocaremos em prática a Instrução Normativa 022 (de 20/06/2013) do Ministério da Agricultura, que admite que os Responsáveis Técnicos (RTs) autônomos sejam capacitados para a emissão de GTA de saída de eventos agropecuários, garantindo maior agilidade e eficiência nesses eventos”, destacou a diretora da Emdagro.

Entretanto, os profissionais não poderão emitir a GTA de animais que tenham destino para outros estados da federação, como explica a coordenadora de Trânsito Animal da Emdagro, Lucyla Maia de Albuquerque. “Nesse caso, os médicos veterinários RTs deverão orientar os criadores para que se dirijam ao escritório mais próximo da Emdagro, para que seja emitida a saída desses animais”, alertou Lucyla.

Last Updated on 30 de novembro de 2020 by carlos.mariz