7 de janeiro de 2020

Emdagro qualifica seu Sistema de Defesa Sanitária Animal


 A preocupação com a sanidade do rebanho sergipano é uma constante no dia a dia de Diretores e técnicos da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro). Para tanto, a qualificação profissional, atrelada à adoção de ferramentas que dimensionem qualitativamente o desempenho das ações realizadas, promovem resultados satisfatórios quando o assunto é a qualidade nos produtos produzidos no meio rural. Pensando nisso, a Emdagro, através do Médico Veterinário Luiz Emanuel, participou, no último mês de dezembro, em Brasília, de um treinamento oferecido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), com foco a harmonização de procedimentos de auditorias pelo Sistema Quali –SV.

 

O treinamento, que foi realizado pela Coordenação de Avaliação e Aperfeiçoamento dos Serviços Veterinários – CASV, buscou promover melhorias e garantir padrões de qualidade satisfatórios dos procedimentos e controles da defesa sanitária animal, baseando-se no monitoramento contínuo de indicadores e em auditorias presenciais, tendo como ferramenta o Sistema Quali – SV, que é aplicada em auditorias para verificação da capacidade do Serviço Veterinário Estadual em cumprir todas as medidas de prevenção, vigilância, combate e controle de enfermidades com padronização de procedimentos, transparência e imparcialidade.

 

Segundo o Médico Veterinário da Emdagro, Luiz Emanuel, que participou do treinamento, a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) estima que 60% das doenças infecciosas humanas têm sua origem em animais domésticos ou selvagens. “Por isso que a gestão da qualidade desses serviços pode representar um componente fundamental para a manutenção e para os avanços necessários à saúde animal”, destacou ele.

 

Ainda segundo o Médico Veterinário, sua participação no curso proporcionará também a socialização dos conhecimentos adquiridos junto à equipe técnica do Serviço Veterinário Estadual. “Esse é o nosso papel, compreender ainda mais o sistema e servir de instrumento multiplicador para os demais colegas do Serviço Veterinário da empresa, buscando enfatizar a importância de se garantir e certificar os produtos comercializados, adequando-os para o consumo humano de forma a não constituírem riscos à saúde humana e ao meio ambiente”, asseverou Luiz Emanuel.

 

Segundo a Diretora de Defesa Animal e Vegetal da Emdagro, Aparecida Andrade, os trabalhos de capacitação serão ampliados esse ano. “Em 2020 a proposta da Emdagro é ampliar os cursos de capacitação para todos os profissionais do serviço de defesa agropecuária, a fim de qualificarmos não só nossas ações, como também, garantir um alimento de qualidade a toda a população de Sergipe”, garantiu.