17 de dezembro de 2018

Programa Águas de Sergipe encerra, com sucesso, capacitações de 2018


A participação ativa de agricultores familiares nos Cursos, Oficinas, Dias de Campo, Intercâmbios e Campanhas marcou, em 2018, o trabalho de Capacitação em Conservação de Água e Solo do Programa Águas de Sergipe.
Foram mais de 400 agricultores dos municípios de Itabaiana, Malhador, Ribeirópolis, Macambira, e Moita Bonita, envolvidos diretamente em vários eventos de capacitação, onde puderam conhecer tecnologias que possibilitam uso eficiente e sustentável da água na Bacia Hidrográfica do Rio Sergipe (BHSE), melhorando, assim, as práticas de manejo de solo e a qualidade da água.                                
Para escolha das comunidades envolvidas foram definidos alguns critérios, a exemplo de já possuírem uma trajetória e um conhecimento sobre agricultura, os quais foram respeitados, embora questionados e discutidos à luz dos objetivos do processo de capacitação, que são os de buscar formas mais seguras de desenvolver a agricultura familiar (do ponto de vista da saúde das pessoas e do meio ambiente onde vivem).
Os cursos e oficinas envolveram atividades teóricas e práticas através de métodos simples, conteúdos e formas de exposição claras, para que todos os participantes pudessem 
compreender e interagir com o grupo e com os instrutores.
Atendendo a solicitação dos agricultores, os eventos ocorreram prioritariamente nas comunidades dos participantes para facilitar a participação e causar menores transtornos possíveis em suas atividades cotidianas.
Os dias de Campo foram realizados no Centro de Desenvolvimento em Tecnologias Agroecológicas da Emdagro, onde puderam conhecer tecnologias relacionadas à produção agroecológica, irrigação e manejo de água e solo.
Objetivando o maior envolvimento dos moradores das comunidades foram realizadas 5 campanhas de Recolhimento do Lixo e 5 Campanhas de Plantio de Mudas, que contou com a participação dos estudantes, professores e agricultores das comunidades.
Já nos intercâmbios, os agricultores puderam ouvir relatos de outros agricultores que já possuem implantados tecnologias sustentáveis em suas propriedades.
Ao final dos eventos foram conduzidas avaliações individuais onde os participantes puderam expressar seu grau de satisfação com os cursos e oficinas e informar seu interesse em adotar tecnologias apresentadas.
No próximo ano, serão realizados diversos eventos de capacitação, com previsão de participação de cerca de 500 agricultores familiares. Serão ainda capacitados 50 técnicos que darão continuidade ao trabalho assistência técnica eextensão rural aos agricultores.
A Emdagro, responsável pela execução dessa etapa do Programa Águas de Sergipe, contou com a participação efetiva dos técnicos do Consórcio Água e Solo, empresa contratada para dar apoio às atividades.
Para a agricultora da Comunidade Tapera, Srª Heliene, que participou de um dia de campo oferecido pelo programa, agradeceu muito o aprendizado. “Gostei de tudo do dia de campo, tudo que vi, tudo que 
aprendi, a alegria com que fomos recebidos. Agradeço a toda a equipe pela oportunidade de aprender e de tudo o que aprendi vou usar no meu dia a dia”.

 

 

 

 

 

 

 

 

Atualizado há